Tatuagens de One Piece: incríveis inspirações minimalistas

Gi Bianco

Tatuadora desde 2018 e apaixonada por arte. Adoro criar tatuagens com significado especial e que nos deixam mais confiantes e poderosas.

Me siga no Instagram para saber mais sobre o meu trabalho e conhecer meus designs Fineline, Minimalistas e Delicados.

Agradeça ao seu Log Pose, pois você acaba de chegar na ilha das tatuagens! Se você cansou de navegar por toda a Grand Line em busca de inspirações minimalistas, saiba que veio ao lugar certo. Vamos falar sobre One Piece, obra que completa seus 25 anos de história (não é para qualquer um não, ein), suas curiosidades, seu sucesso e como podemos encontrar símbolos capazes de representar e expressar toda a riqueza dessa história. Continue a leitura a seguir e confira as melhores tatuagens de One Piece em estilo minimalista.

Não se preocupe, aqui você estará protegida da marinha

O que é One Piece?

One Piece é o famoso mangá de aventura do “pirata que estica”, história incrível escrita e desenhada por Eiichiro Oda (não tem jeito, Oda gênio). O universo vasto da obra engloba referências e inspirações de diversos temas, como mitologias, aspectos políticos, musicais, literatura e até mesmo personagens inspirados em figuras famosas. 

Tudo isso é somado com a cultura pirata e, é claro, com muito da fórmula shonen. 

Seu primeiro capítulo foi lançado em julho de 1997, já ultrapassou os 1076 capítulos publicados (reunidos em mais de 106 volumes!) e nem é preciso mencionar o tamanho sucesso da obra, recebendo adaptação para anime pela Toei Animation, diversos filmes e vários produtos. Teve até mesmo uma série live action na Netflix, que muitos disseram ter quebrado a “maldição das adaptações de anime”. 

Na série, acompanhamos as aventuras de Monkey D. Luffy, um jovem que ganhou poderes de transformar o corpo em borracha ao comer a Akuma no Mi conhecida como Gomu Gomu no Mi, ou Fruta da Borracha, quando ainda era criança. 

Seguindo seus sonhos, e a promessa que fez ao poderoso pirata Shanks, a quem admira bastante, Luffy decide que vai encontrar o One Piece, tesouro escondido por Gold Roger e se tornar o novo Rei dos Piratas. 

25 anos de One Piece e curiosidades

A história em quadrinho de um único autor mais vendida no mundo segundo o Guiness Book (é camarada, não é pouca coisa) completa 25 anos agora em 2024 e não é para menos, a obra é incrível e envolve qualquer um que se disponha a se aventurar por mais de mil episódios ou capítulos.

Vai por mim, essa quantidade passa a parecer pouco quando se chega nos semanais, mas agora vamos falar das curiosidades que separei para você em homenagem aos 25 anos da obra.

One Piece completa 25 anos!

1 – Não é o anime mais longo que existe (ainda)

Tá vendo só? Seu amigo que reclama da quantidade de episódios não sabe de nada, existem obras com muito mais episódios. Apesar de parecer ser o mais longo anime da história devido aos seus 1108 episódios (até o momento dessa publicação), One Piece ainda perde, e feio, para Sazae-san, em exibição desde 1969 e que possui absurdos mais de 7.500 episódios.

Então é o segundo maior? Também não, camarada, One Piece não entre nem no top 5, ocupados por Sazae-san, Nintama Rantaro, Ojarumaru, Oayko Club e Doaremon, todos com mais de 1.700 episódios e ainda em exibição (e parece que não vão parar tão cedo).

2 – Guiness Book

Como mencionei antes, One Piece é a história em quadrinho de um único autor mais vendida no mundo, com mais de 500 milhões de mangás vendidos em mais de 55 países (tem que respeitar o mestre Oda) mas o que eu não contei é que o próprio Eiichiro Oda também entrou no livro dos recordes.

Consagrado como o segundo quadrinho mais vendido do mundo, ficando à frente do Batman (antigo segundo lugar) e atrás apenas de Superman, que lidera com 600 milhões de cópias vendidas. Detalhe que ambas são obras que estão no mercado há mais de 80 anos, então se surpreenda se daqui a uns anos One Piece, que está há apenas 25 anos no mercado, superar também o kryptoniano.

O sucesso de vendas de One Piece foi tanto, que a história de Monkey D. Luffy foi capaz de colocar Eiichiro Oda na lista dos 10 autores de ficção mais vendidos da história.

3 – Oda tornou-se mangaká para evitar “trabalhar de verdade”

Quem faz o que ama, nunca trabalha de verdade, né?

Muitos ilustradores de quadrinhos e mangás iniciaram suas jornadas motivados por uma paixão intensa pelo desenho e pela arte de contar histórias. Embora suas trajetórias profissionais possam não começar exatamente no campo desejado, eles acabam encontrando seu caminho para a ocupação que realmente amam. No caso de Eiichiro Oda, entretanto, ser mangaká sempre foi a única escolha.

Conforme relatado em uma entrevista no One Piece Blue: Grand Data File, Oda revelou que, desde os 4 anos, seu objetivo era se tornar um artista de mangá, evitando assim a necessidade de conseguir um “emprego de verdade”.

Determinando-se a alcançar esse sonho, Oda aprimorou suas habilidades ao longo dos anos, criando várias séries na sua adolescência. Sua primeira obra, Wanted!, conquistou diversos prêmios e ficou em segundo lugar no Prêmio Semestral Tezuka de Mangá. Esse reconhecimento abriu as portas para que Oda conseguisse seu primeiro trabalho na Weekly Shōnen Jump.

4 – Primeiros designs e outras ideias do autor

Antes que One Piece ficasse da forma como conhecemos, Oda criou e mudou certos elementos da trama e de seus personagens. Diversos personagens foram criados em estilos que, se for comparar com suas versões finais, parecem até mesmo outros personagens. Exemplo disso é Chopper, uma rena que adquiriu os poderes de se transformar em humano, teve em seu primeiro design uma forma mais realista e ainda carregando uma espada (por isso ele vê o Zoro como um “pai”? Brincadeira). De acordo com o próprio Oda, deixar ele mais fofinho e menor foi uma forma de dar mais destaque a ele e evitar que o mesmo fosse ofuscado pelos demais.

Além de Chopper, Nami seria uma garota mais bruta, com partes mecânicas e um machadão gigante e Zoro, um dos personagens mais populares, sequer entraria no bando, sendo um caçador de piratas e guarda-costas do Buggy (palhaçada, ein?). Sanji, que antes iria se chamar Naruto, teve seu nome mudado por conta do lançamento de Naruto, também em 1997.

Como encontrar inspiração para tatuagens de One Piece?

O universo de One Piece é repleto de mensagens, significados e personagens marcantes, portanto seria impossível citar todas as fontes de inspiração que a obra oferece, mas escolhemos algumas que com certeza podem servir de ideia para tatuagens de One Piece. Se você não viu nadinha sobre One Piece ainda, alerto que podem haver alguns spoilers logo abaixo.

1 – Jolly Roger dos Piratas do Sol

Fisher Tiger, um renomado explorador e aventureiro da Ilha dos Homens-Peixe, era conhecido por proteger o bairro desolado do Distrito dos Homens-Peixe e inspirar os jovens, como Jinbe e Arlong, a se juntarem à sua tripulação. Após ser capturado e escravizado pelos Nobres Mundiais em Mary Geoise, Tiger retornou à sua terra natal. Movido pelo sofrimento que presenciou e viveu, ele sitiou Mary Geoise, libertando escravos de várias raças, incluindo uma jovem Boa Hancock e suas irmãs.

Os Homens-Peixe, muitos deles marcados pela escravidão, se uniram a Tiger formando os Piratas do Sol. Para ocultar suas marcas de escravos e protegê-los da identificação pelo Governo Mundial, Fisher Tiger criou o símbolo dos Piratas do Sol, que substituía a tradicional Jolly Roger pela silhueta de um sol em chamas. Esse símbolo servia para camuflar suas cicatrizes e evitar que fossem rastreados e devolvidos aos Nobres Mundiais.

O símbolo do Sol e também Jolly Roger do bando

Portanto, essa Jolly Roger tem um significado imenso, mostrando a luta pela liberdade e também a capacidade de dar a volta por cima, apagando marcas de sofrimento do passado.

2 – Mais Jolly Roger!

Essa pode ser uma ótima ideia para conseguir diversas opções de tatuagens de One Piece. Você pode também utilizar a Jolly Roger de seu bando ou personagem favorito, talvez por se identificar mais com a personalidade ou passado dele, cada membro da tripulação possui uma Jolly Roger, embora as mesmas não apareçam na série e se tratem mais de um bônus que o autor deu aos fãs através de Databooks, SBS e outras formas nas quais ele se comunica com os leitores.

3 – Akuma no Mi

As Akuma no Mi, ou Frutas do Diabo, são a fonte de poderes no universo de “One Piece” que concedem habilidades sobrenaturais a quem as consome, mas com a desvantagem de perder a capacidade de nadar. Existem três tipos principais de Akuma no Mi: Paramecia, que confere habilidades variadas como esticar o corpo ou controlar plantas; Zoan, que permite transformações em animais ou formas híbridas; e Logia, que permite transformações e manipulações de elementos naturais como fogo ou gelo.

Essas frutas desempenham um papel central na trama de “One Piece”, influenciando profundamente os personagens e a história. O protagonista, Monkey D. Luffy, possui a Gomu Gomu no Mi, que lhe permite esticar como borracha. Outros personagens importantes, como Nico Robin e Portgas D. Ace, também possuem habilidades únicas provenientes dessas frutas, levando a batalhas épicas e desenvolvimentos intrigantes na narrativa.

Apesar de seus poderes incríveis, as Akuma no Mi têm limitações significativas. Consumir uma delas impede o usuário de nadar, tornando-os vulneráveis à água do mar e ao Kairoseki, que neutraliza seus poderes. Além disso, uma pessoa só pode consumir uma fruta; tentar comer uma segunda resulta em morte. Quando o usuário de uma Akuma no Mi morre, a fruta renasce em outro local, pronta para ser consumida novamente, perpetuando seu ciclo de poder e vulnerabilidade.

E considerando o quão grande One Piece é, você já pode imaginar que as possibilidades aqui são quase infinitas haha.

4 – Personagens e seus objetos

E por fim, você pode tatuar o próprio personagem em si, pois cada um possui uma história e basta encontrar aquele a qual se identificou mais. Muitos personagens carregam itens simbólicos, então você não precisa necessariamente fazer uma tatuagem do Zoro, por exemplo, mas sim suas 3 katanas ou seus brincos, no caso de Sabo, outro exemplo, você pode apenas fazer a cartola ou então o cano que ele utiliza como arma.

As opções vão variar de como você pretende representar sua paixão por determinado personagem.

Tatuagens de One Piece para se inspirar

Agora, vou te mostrar alguns exemplos incríveis de tatuagens de One Piece para você se inspirar. Se você é fã das aventuras de Luffy e sua tripulação, essas ideias podem ajudar a encontrar o design perfeito que capture sua paixão pelo mundo dos piratas. Prepare-se para explorar uma seleção de tatuagens que vão desde símbolos icônicos até retratos dos personagens mais queridos.

Se você é o autor ou conhece o autor de alguma dessas tatuagens de One Piece nos avise e daremos os devidos créditos.
If you are the author or know the author of any of these One Piece tattoos, let us know and we’ll give you due credit.

Tatuages de One Piece: conclusão

Tatuagens de One Piece possuem tantas inspirações quanto o anime possui de episódios, mas espero mesmo que os exemplos que dei e as dicas que você encontrou neste post tenham ajudado a encontrar a ideia perfeita. Quer demonstrar seu amor pela obra genial de Eiichiro Oda? Então conte comigo para isso!

Basta clicar no botão abaixo e dar o primeiro passo para obter sua tatuagem exclusiva. Se este conteúdo despertou sua curiosidade, não deixe de explorar também nossas outras postagens aqui no blog, repletas de inspiração e informações sobre o fascinante universo das tatuagens. Estou ansiosa para iniciar sua nova tatuagem! 🖋️

E caso queira conferir mais animes, temos um post com ideias para tatuagem de anime que você irá adorar.

Clique abaixo e vamos começar a jornada da sua nova tatuagem juntas!

Solicite um Orçamento Pelo Instagram

Quer saber mais? Veja o meu blog!

Tatuagem estilo conceito ou concept design, em inglês.

Tatuagem estilo conceito: o que é + inspirações

As tatuagens estilo conceito, “Concept Design” do inglês ou também conhecidas como “tatuagens de micro realismo” por alguns, são tatuagens que incorporam elementos de design abstratos, simbólicos ou conceituais para…
Tatuagem memento mori, onde duas mãos se tocam através dos indicadores, uma mão é esquelética e a outra é comum.

Tatuagem Memento Mori: o que significa?

Quem é que nunca pensou “E se eu fosse imortal?” ao menos uma vez na vida? As pessoas sempre se maravilharam com a ideia da vida eterna, mas eis que…

Ver todos os posts